Cerca de 120 pessoas morrem durante incêndio em fábrica têxtil de Bangladesh ~ Pacatuba Em Foco
Tecnologia do Blogger.

APEOC

Postagens Populares

Sample Text

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation test link ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate another link velit esse cillum dolore eu fugiat nulla pariatur.

Arquivo do blog

Categories

Definition List

Definition list
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.
Lorem ipsum dolor sit amet
Consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

Pages

Support

Need our help to upload or customize this blogger template? Contact me with details about the theme customization you need.

Ordered List

  1. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  2. Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  3. Vestibulum auctor dapibus neque.

Unordered List

  • Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.
  • Aliquam tincidunt mauris eu risus.
  • Vestibulum auctor dapibus neque.

Futebol Ao Vivo

Futebol Ao Vivo

Participe pelo Whatsapp 85 988 621 206

Cerca de 120 pessoas morrem durante incêndio em fábrica têxtil de Bangladesh

Havia uma saída de emergência, mas sobreviventes denunciaram que ninguém havia informado sobre sua localização

e
Sobreviventes de incêndio em fábrica de Bangladesh, na Índia, escapam de fábrica em chamas. Ao menos 120 morreram
Cerca de 120 pessoas morreram e outras 100 ficaram feridas no incêndio que começou sábado (24/11) à noite em uma fábrica têxtil situada próximo a Daca, a capital de Bangladesh. O fogo se espalhou rapidamente por todo o complexo, situado na Zona de Processamento de Exportações da cidade.
Em um primeiro momento, as autoridades informaram as mortes de nove pessoas, mas os bombeiros encontraram muitos outros cadáveres quando conseguiram chegar às instalações e uma vez que o fogo foi controlado, já de madrugada. Além das mortes, cerca de 100 trabalhadores ficaram feridos, segundo fontes dos serviços de saúde citadas pelo jornal bengalês The Daily Star que acrescentaram que pelo menos dez deles estão em estado grave.
"Suspeitamos que o fogo tenha começado com um curto-circuito, mas não teremos certeza até que a investigação termine", disse o diretor-geral da brigada de bombeiros, o brigadeiro-general Abu Nayeem Mohammad Shahidulá.

Os bombeiros encontraram 111 corpos no interior da fábrica. Fontes oficiais afirmaram ao The Daily Star que o total de mortos é de 124 pessoas. "Talvez haja mais, porque as buscas continuam. O problema é que os acessos ao edifício eram péssimos e os veículos de bombeiros não conseguiam chegar", disse à Agência Efe o ex-vice-diretor da brigada anti-incêndio, Selim Newaj Bhuiyal.
Três caminhões dos bombeiros chegaram pouco depois do início do fogo. os funcionários começaram a lutar contra as chamas com ajuda dos moradores vizinhos, e outros 12 veículos chegaram mais tarde, de acordo com a imprensa local. "Algumas pessoas morreram por asfixia e outras, diretamente, vítimas das chamas", acrescentou Bhuiyal.

Efe
Bombeiros e médicos ajudam feridos. Sobreviventes disseram que não sabiam da existência de saída de emergência 
O incêndio começou no térreo do edifício e de lá se espalhou rapidamente até o quarto andar, enquanto alguns trabalhadores da fábrica corriam para se proteger no topo do prédio, de onde foram resgatados aproximadamente 50 deles. Outros se jogaram das janelas para escapar do fogo, e pelo menos quatro trabalhadoras morreram dessa forma. "Eram 19h e estava pronto para começar meu turno quando escutei o alarme anti-incêndios. Vi chamas e fumaça saindo do térreo", relatou a vários veículos Moinul, um dos empregados da Tazreen Fashion.
Saída de emergência
Na fábrica havia uma saída de emergência, mas os sobreviventes denunciaram que não a utilizaram porque ninguém havia informado sobre sua localização e sobre como usá-la. Uma vez controlado o fogo, muitos familiares dos trabalhadores foram ao local já pela manhã na busca de seus próximos, e, cada vez mais nervosos, começaram a lançar tijolos contra a Polícia pelo atraso nas buscas.
Segundo o vice-diretor da polícia em matéria industrial, Moktar Hossain, à BD News, os policiais "precisaram reagir" aos familiares e lançar gás lacrimogêneo para retomar o controle da situação na área, que está isolada.
Incêndios são comuns em Bangladesh devido ao estado ruim da rede elétrica, e os curto-circuitos são comuns em fábricas de produção e exportação têxtil, uma das principais tarefas econômicas da indústria do país.
A tragédia foi um dos piores incêndios da história do país, embora não seja o único com mais de 100 mortos: há dois anos, ao menos 117 pessoas morreram em outro incêndio de enormes proporções causado pela explosão de um transformador no centro histórico de Daca.

 

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/noticias/25614/cerca+de+120+pessoas+morrem+durante+incendio+em+fabrica+textil+de+bangladesh.shtml?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

←  Anterior Proxima  → Inicio

FanPage do Pacatuba Em Foco

Mais Acessadas

APEOC

SOARTE

RADIOSNET